A odontologia do esporte faz parte do novo grupo de especialidades que foram reconhecidas pelo CFO. Sua atuação é voltada para todo cuidado com a saúde bucal do paciente que pratica atividade física, seja de alto rendimento como atletas profissionais ou pessoas comuns que tem o hábito de praticar exercícios físicos. Sabe-se que os esportes são fundamentais para uma vida saudável quando executado de maneira correta e amparado por profissionais especializados nas diversas áreas da saúde afim de prevenir lesões e extrair o máximo de benefícios da atividade física, a odontologia é uma das áreas que atua neste segmento. Assim como as avaliações médicas preventivas são necessárias as avaliações odontológicas preventivas e de acompanhamento. Isto por que algumas atividades esportivas podem ter relação direta com algumas doenças comuns na odontologia como o aumento no número de cáries por conta de suplementos alimentares, mau hálito, desgaste nos dentes principalmente por atrito (bruxismo) e amolecimento dos dentes (periodontite).

Além do tratamento clínico para evitar doenças e tratar as que já existem, o atleta em sua atividade apresenta um alto risco de sofrer algumas lesões de impacto, principalmente em esportes com contato físico que podem levar a fraturas dentárias ou de ossos maxilares e para evitar tais lesões a melhor maneira é a prevenção. Diversos esportes já possuem o protetor bucal como equipamento obrigatório mas normalmente o protetor é adquirido em lojas de material esportivo. Estes nem sempre são efetivos pois dependem da correta utilização por parte do esportista que normalmente não tem o conhecimento necessário para moldar o protetor de maneira satisfatória.

Para garantir ajuste, conforto e melhor proteção, o protetor bucal deve ser confeccionado pelo cirurgião-dentista com conhecimento específico na área. Não vale a pena correr o risco, uma vez que os valores são muito similares e o esportista pode confiar que o trabalho será garantido.